No quadro da Equipa Europa, Portugal e Espanha foram co-facilitadores de uma Ponte aérea Humanitária para a Venezuela, coordenada pela União Europeia (DG ECHO). Graças a este esforço conjunto e solidariedade coletiva da U.E. e Estados Membros, foi possível transportar para Caracas, em 2 voos humanitários (a 19 e 21 de agosto),  82,5 toneladas de bens e materiais de apoio ao combate à pandemia COVID-19, que assistirão mais de 500.000 cidadãos venezuelanos, incluindo crianças, mulheres e profissionais de saúde e permitiu, também, o transporte de profissionais humanitários.

A notícia poderá ser consultada na seguinte hiperligação: https://www.instituto-camoes.pt/sobre/comunicacao/noticias/ponte-aerea-humanitaria-para-a-venezuela

  • Partilhe